Casa de cara nova com pequenas reformas

Trocar revestimentos e piso, reformar banheiro e pintar paredes renovam o lar para começar 2018 com o pé direito e com a casa de cara nova; especialista da Help Home indica tendências.

Infiltração no teto, uma parede mal pintada ou um piso antiquado. Sempre há algum detalhe em casa que incomoda e não pôde ser consertado ao longo do ano. Para quem deseja dar uma cara a nova ao lar para receber parentes e amigos para as festas e começar o ano com o pé direito, Estevan Pavarin – fundador da rede Help Home (www.helphome.srv.br) – afirma que, mesmo com a proximidade das datas, ainda há tempo.

Troca de revestimentos e pisos, pinturas e implementação de texturas e papel de parede são alguns pequenos reparos que podem ser feitos em poucos dias, com tranquilidade. “Além desses, também recebemos muitos pedidos de retirada de umidade e conserto de telhados”, ressalta Estevan. A reforma de um banheiro, por exemplo, leva 10 dias (para impermeabilizar paredes que estejam descascando o prazo é de 20 a 30 dias), mesmo tempo médio para a troca de 100 m² de piso. Para este último, o especialista aponta o vinílico, o cimento queimado e o piso laminado como tendências.

Reformas deixam a casa de cara nova


Uma dica para deixar a casa com cara nova e receber elogios é mudar a pintura temporariamente com cores que sintonizem o Natal, como vermelho ou verde. Pintar apenas uma das paredes já dá um efeito bonito e elegante. Para ter o resultado, três demãos de tinta são suficientes e, segundo o especialista da Help Home, é fácil retomar à cor original, passadas as festas. Outra ideia de reforma rápida em casas de campo e praia é a construção de um forno a lenha para curtir uma pizza com a família ou instalação de uma chaminé elétrica para as crianças pendurarem as meias para o Papai Noel.

Para que as reformas sejam bem-sucedidas e fiquem prontas até as datas festivas, é importante calcular o prazo com cuidado durante o orçamento, ainda mais se envolver áreas externas – a chuva pode prejudicar o andamento. A média de custo para pequenos reparos é de R$ 3 mil a R$ 8 mil.

“Essas reformas são rápidas, podem ser feitas simultaneamente e não exigem que a família saia de casa para serem realizadas – no máximo será necessário retirar alguns móveis temporariamente. Com o auxílio de uma equipe qualificada e supervisão adequada dá para deixar a casa novinha por inteiro para receber os convidados para o Natal e o Ano Novo”, afirma Estevan.

Sobre a Help Home
Microfranquia que oferece serviços de manutenção, reparos, jardinagem e decoração. Atende a residências, condomínios e empresas. Criada em 2009 pelo engenheiro Estevan Pavarin, tornou-se franquia em 2013. Possui 59 unidades em todo o Brasil. www.helphome.srv.br.

Setembro é o novo mês das noivas?

Com base em aproximadamente 80 mil cerimônias, iCasei aponta segundo semestre como o mais visado pelos casais com setembro desbancando o tradicional mês de maio como o novo mês das noivas.

Um levantamento inédito realizado pelo iCasei (www.icasei.com.br) – plataforma referência em serviços de casamento –, com base em aproximadamente 80 mil cerimônias, revelou que setembro é o novo queridinho dos noivos. Em 2016, uma pesquisa semelhante havia constatado outubro como o favorito, mostrando que a primavera continua tendo preferência.

Setembro então é o novo mês das noivas!

Setembro marca a chegada da primavera, quando o clima traz de volta as cores vibrantes das novas flores e o verdejante das copas das árvores. Além disso, o frio praticamente já se foi e o calor é ameno, perfeito para cerimônias em lugares abertos, como o campo e o litoral. Não é à toa que mais de dez mil casais decidiram selar sua união ao longo deste mês em 2017.

Novembro e outubro ocupam a segunda e terceira posições do ranking, respectivamente. Com o 13º salário à espreita, temperaturas razoáveis e o clima de festas no ar, dezembro vem logo a seguir com quase 9 mil casamentos marcados. “O verão, por outro lado, é a estação com menos cerimônias. As altas temperaturas no Brasil impedem que noivos e convidados se sintam confortáveis – as roupas não combinam com o clima e o sol escaldante, muito comum nesta época”, diz Luis Machado, fundador do iCasei.

Já o mês menos querido pelos noivos é o do carnaval: fevereiro aparece com pouco mais de 3 mil cerimônias marcadas. “Isso acontece nem tanto pela folia, mas pelo fato de a maioria das pessoas aproveitarem o feriado mais longo do ano para viajar ou emendar com as férias”, comenta Machado.

Fonte: www.icasei.com.br

Sobre o iCasei
A maior plataforma digital de serviços e conteúdo de casamento do Brasil. Os sites de casamento têm várias funcionalidades, como confirmação de presença e listas de casamento com produtos simbólicos, incluindo cotas de lua de mel. Desde sua fundação, atendeu a mais de 800 mil casais. www.icasei.com.br.